segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Abertura Pombos 2017

Caros amantes da Confraria Cinegética,
 
A abertura da caça às rolas, pombos e patos, no dia 20 de Agosto de 2017, ficará eternamente na nossa memória seja por bons ou maus motivos.
 
No dia 18 de Agosto foi emitida a  Declaração de calamidade pela Presidência do Conselho de Ministros e Administração Interna. Esta declaração veio afectar os planos cinegéticos de grande maioria dos caçadores, pois grande parte de nós ficaram proibidos de ir para o campo (não de caçar).
 
No que me diz respeito, também os meus planos foram trocados.
O Concelho de Odemira, também ele abrangido pela declaração, era um dos três concelhos do Distrito de Beja nos quais era proibido aceder, circular ou permanecer no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa a Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), bem como  nos caminhos florestais, caminhos rurais  e outras vias que os atravessam. Acontece que no caso Odemirense, o PMDFCI do nosso concelho 1.º não apresenta cartografia e 2.º não está aprovado. Relativamente ao 1.º ponto, é difícil para os munícipes e demais saber quais são as áreas florestais e quais as agrícolas pois a cartografia, se existir, apenas está disponível no documento físico no balcão único do município. No 2.º ponto não há discussão possível.

Ora, na minha perspectiva (e não quer dizer que concorde), independentemente de existir ou não plano e/ou cartografia, o Despacho 7313-A/2017 seria para cumprir na integra.
O resultado da minha interpretação aliado ao esclarecimento inicial do SEPNA fez com que se cancelasse a jornada de caça programada para o dia 20 de Agosto.
 
Contudo, porque pertenço a uma ZCA num Concelho não abrangido pelo Despacho, realizei contactos com os amigos de lá e fizemos uma combinação "em cima do joelho".
O objectivo? Seria o mesmo de sempre... Convívio. Poder sair para o campo e no fim refrescar a goela. Pelo meio discutir assuntos cinegéticos e ver uma ou outra espécie permitida em calendário venatório.
 
Como é bom chegar pela fresca ao campo e poder ouvir lá longe as perdizes a cantar... Ver um coelho ou outro (esperemos que recuperem as densidades de outrora) passar de relance pelo meio das ruas dos projectos de sobreiros... Ver a manhosa da raposa a fugir de nós furtivamente...
É realmente mesmo muito bom e renova as energias para a semana que entra...
 
No meio destas palavras, quero deixar um especial abraço a todos aqueles que não puderam ter a mesma oportunidade que eu. Quero deixar uma palavra de solidariedade para com aqueles que viram as suas ZC reduzidas a cinzas.
Quero também pedir a todos especial atenção com o cumprimento dos limites legais de abate. Podemos e devemos fazer mais e melhor para melhorar a nossa imagem enquanto caçadores e não matadores.
 
No fim do  dia fiquei grato por ser caçador. Por ter amigos que partilham da minha paixão. Por ter companheiros que, tal como eu, respeitam a fauna e flora silvestre.
Avistei um pato real e um pombo torcaz. E fui embora para casa feliz por os ter avistado. Fui embora para feliz porque convivi com amigos. Fui embora para casa feliz.
 
Até breve e uma boa abertura para aqueles que a farão nos próximos dias.

Saudações.





sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Robalos - Ou melhor a ausência deles

Caríssimos,
 
Este ano não tem sido nada favorável para os meus lados no que a peixe diz respeito.
 
Mas como não é peixe que me move mas sim a paixão em pescar, a emoção de todo o processo de procura do melhor exemplar possível... O companheirismo que se emprega sempre que possível nestas jornadas de pesca apeada valem ouro para quem o sabe valorizar. Ficam alguns registos para recordação do ultimo exemplar capturado no Rio Mira a +- 20 km da foz do rio.
Saudações a todos e assim que o mar der tréguas vamos a eles....
 
 
Para quem diz que os robalos não comem lagostins ;)
 



 
 

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Época cinegética 2016/2017

Caros confrades,
Algumas recordações da geral '16.





terça-feira, 4 de outubro de 2016

Abertura da geral 2016/2017

 
Boas meus caros,

Primeiro fim de semana de Outubro significa para alguns a abertura da caça e eu não fujo a regra.



O sábado foi duro. Terrenos difíceis e as nossas vermelhinhas não davam tiro de maneira alguma. No domingo as planícies alentejanas já são mais macias aos meus pés.
Isaac de MirAlgarve
No fim vale sobretudo o convívio.  Aquela cervejinha a meio da manhã lá bem no meio do mato vale ouro, os petiscos matinais e aquele leitão no domingo divinais.  Venham mais dias de caça mas com menos calor eheheheh E não se esqueçam amigos, segurança e muita segurança que não é preciso muito para um acidente.
Abraço a tod@s




terça-feira, 20 de setembro de 2016

De férias

Caríssimos,

Em tempos de verão e com algumas férias à mistura, vieram as esperas aos javalis, a abertura da caça aos pombos e rolas e algumas pescas apeadas.

Ficam alguns registos.



Caça aos Pombos  - Com vista para o paredão da barragem de Stª Clara

Esperas 2016


Esta pesca não é minha. Mas merece registo.



Pesca apeada de Setembro


Pesca apeada de Setembro

Cevadouros
Cevadouros


segunda-feira, 25 de julho de 2016

Lua mês de Julho '16

Boas amigos,

Há poucos momentos como estes... Calma, calma, e mais calma... 





segunda-feira, 6 de junho de 2016

Finalmente


Boas amigos,
 
Após inúmeras investidas lá me calhou um exemplar em condições...
 
Neste dia deixei fugir um belo macaco, que teimou em esconder-se atrás de uma pedra. Mais tarde e já com o sol bem alto lá consegui este exemplar, cheio de força e teimoso em vir....
 
Ficam os registos fotográficos para a prosperidade.
 
Saudações




quinta-feira, 31 de março de 2016

A estreia

Companheiros,


Isto anda mau. Péssimo mesmo.
Não se avistam pequenas pescas quanto mais grandes.
Fala-se entre amigos e pescadores que ninguém se lembra de um inicio de ano tão mau.

Contudo há sempre aquele momento que nos faz sorrir.


Recentemente adquiri uma nova companheira de pesca. Apesar de já ter realizado algumas pescas ainda não tinha sentido o "sabor" de lutar com um  peixinho... Num destes dias, combinei com a malta amiga. O mar não era o ideal mas também não era do pior. Dirigimo-nos ao local escolhido. O mar era mais do que o previsto mas fazia uma boa aguagem na baia. Lançamentos atrás de lançamentos, trocar de amostras com alguma frequência até porque fazia sentir uma ligeira brisa vinda do atlântico que perturbava o lançamento e procurava sempre a melhor opção. Lá a encontrei...
 
Após vários lançamentos com a mesma amostra e com ela a tocar quase sempre no mesmo calhau, houve um em que ficou lá cravada. Só que o raio da pedra responde quando tento desprende-la da pedra. E ai começa uma pequena luta. O velhaco um pouco teimoso. Não se queria assomar à superfície... Em pouco menos de 2 minutos desço a pedra de onde estava pescando, ligeiramente mais alto em relação à água, para com as mãos segurar aquele que era a estreia da Branquinha...
Era animal único na zona. Escuro, o vulgo marisqueiro. Acusou  1,5 Kg.
Ainda tentamos mais um pouco mas já com o sol alto abandonámos o local. Ainda procuramos mais um cantinho mas o estado do mar não permitia arriscar o coiro.
 
Grande Abraço

Até que o mar nos deixe ir pescar ;)




segunda-feira, 28 de março de 2016

Hotel Codorniz

Boas Companheiros,
 
Por estes dias resolvi realizar uma obra de carpintaria eheheheh
Não é perfeito, mas desenrasca perfeitamente...
 







 

sexta-feira, 18 de março de 2016

Descargas no Rio Mira

Caros amigos,

É com um sentimento de tristeza que partilho convosco estas fotografias.

É, na minha opinião, inadmissível acontecerem estas situações.
Após serem gastos milhares de € em obras do Polis, de vez em quando ainda existem estas "descargas". Desconheço (não totalmente) a sua origem e nem me interessa entrar em pormenores sobre a origem das mesmas. Interessa-me sim, que estas imagens sejam partilhadas demonstrando o desagrado da população Odemirense, tentando fazer com que as autoridades competentes tomem providências de modo a evitar futuras situações.


Com tristeza, me despeço de tod@s com votos de uma excelente Páscoa